sexta-feira, 11 de novembro de 2022

Bebê, sou eternamente grato pela sua existência!

Impossível resumir em fotos e vídeos toda a existência de uma vida. Ainda mais uma vida tão bonita! Mas ele merece uma homenagem.
















Hoje não tenho mais que trocar a água dos seus potinhos. Isso me faz falta!

Hoje não tenho mais que limpar seu pratinho antes de colocar comida nova...

Hoje não vejo você correndo para a porta quando chego do trabalho...

Hoje não vejo as suas caretas, suas graças, seus pulos...

Hoje não ouço a sua voz...

Tudo isso tem nome: saudades!


Todo sábado de manhã, você pulava em cima de mim dizendo:

- Hoje você não tem que trabalhar. Estou tão feliz de você estar em casa!

... E você me acordava cedo, e me enchia de beijos.


Na segunda-feira, quando levei você ao Pet Hospital, você deitou no meu colo. Coisa rara!


E na UTI você esperou até o último momento,

Até eu conseguir sair do trabalho num horário que pudesse te ver...

E foi a visita mais triste e alegre (e triste) da minha vida:

Eu te vi, ficamos face a face, fiz cafuné na sua cabeça, chamei seu nome...

Você estava lá, fraquinho, quase sem reação, mas me ouviu.


E quatro horas depois teve um infarto.


Meu anjinho,

Você era meigo, engraçado, divertido, amoroso...

Obrigado pelo seu carinho, suas fofuras, seu jeitinho de me fazer rir.

Você trouxe tanta alegria à minha vida... 

Agora a sua falta me dá tanta tristeza!


Perseu, você é único e eterno!

terça-feira, 18 de outubro de 2022

Retrospectiva

Hoje relendo textos do blog, encontrei postagens que gostaria de compartilhar de novo, pois me estimulam, me dão orgulho, trazem alegria e boas lembranças. 



Quando duas alunas foram premiadas em um concurso de poesia da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes).

Leia aqui: 
http://serra.es.gov.br/noticias/alunas-da-serra-sao-premiadas-em-concurso-literario-capixaba

------------------------------------------------------

Quando minha dissertação de mestrado da Ufes teve 6 citações em um artigo médico de neuropsiquiatria da Fiocruz.

Leia aqui: https://interludico.blogspot.com/2020/06/neuropsiquiatria-e-augusto-dos-anjos.html

------------------------------------------------------

Quando fiz um vídeo caseiro para explicar a organização metodológica de artigos científicos. No vídeo falo principalmente de como fazer citação corretamente. Minha didática foi muito elogiada pelo diretor acadêmico da faculdade Multivix.

Link do vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=0btD0ockpT4&t=1s

------------------------------------------------------

Quando analisei e criei uma explicação para a flor-de-lis ser o símbolo do curso de Letras. Infelizmente, minha análise foi copiada na internet muitas vezes sem me dar o devido crédito. Mesmo assim, é uma  postagem que me dá orgulho, pois a análise foi coerente, autoral e original.

Leia a análise aqui:
 http://interludico.blogspot.com/2014/11/a-flor-de-lis-como-simbolo-do-curso-de.html

------------------------------------------------------

Quando fotografei o cometa Leonard com um binóculo, um tripé e um celular. Confirmei a localização dele por um aplicativo. É uma pequena foto, mas um grande passo para alguém que usa um material assim e com apenas 1 ano de experiência na observação de astros.

Link: http://interludico.blogspot.com/2022/01/foto-do-cometa-leonard-lua-etc.html

------------------------------------------------------

Dedicado a meu pai e minha mãe [e queridos vô Walter, vó Sofia, vô Noel e vó Jacira]. Porque sem a insistência, as críticas e a motivação para estudar, eu não estaria tendo tantas e outras experiências de vida tão marcantes!

E dedicado à Vivi, minha namorada/esposa que me ajudou [e ainda ajuda] em tantos momentos! Como quando ela digitou uma parte da minha dissertação de mestrado enquanto eu elaborava e ditava o texto de cabeça, porque eu não aguentava mais olhar para a tela do computador de tão cansado, após um dia inteiro escrevendo. Nessa época eu acordava cedo, sentava ao computador e escrevia até a noite, depois ia dormir e no outro dia voltava a essa rotina.


quarta-feira, 21 de setembro de 2022

Poema de improviso

Poema que fiz em alguns segundos, ao final de uma aula.
Dedicado ao poeta Fernando Pessoa.

 
















O poema acima é um acróstico com o sobrenome do poeta português e, intencionalmente, resume algumas características que Pessoa apresentava em seus diversos heterônimos.

quarta-feira, 14 de setembro de 2022

Soneto dos pensadores livres

 
A psicologia do egoísmo
É simples mania de narcisismo.
Egoísmo racional é ilusão
Que em nada tem a ver com a Razão.
 
A verdadeira sabedoria,
Contrária ao ego e à anarquia,
É construída coletivamente,
Libertando-nos individualmente.
 
O livre pensador só pode viver
Quando não carrega o duro pesar
De nos ombros o mundo sustentar.
 
E livre este mundo só pode ser
Se pensadores livres caminharem
Sem egoístas que os amarrem.


 
Renan, agosto de 2022.

sexta-feira, 10 de junho de 2022

CARPE DIEM

Aproveite o dia,
não deixe que ele termine sem ter crescido um pouco.
 
Não deixe de crer que as palavras e poesias podem mudar o mundo.

Valorize a beleza das coisas simples.
Se pode fazer poesia bela, colha do dia a sua inspiração.
 
Ainda que o vento sopre contra,
tudo sempre passa
e a experiência nos faz mais fortes.

Pense que em ti está o futuro
e encara a tarefa com orgulho!

Aprenda com os livros e com quem pode ensinar
as experiências daqueles que nos precederam.

Não permita que a vida se passe sem tê-la vivido.
 
 

Adaptado* de Walter Whitman (1819 – 1892)

*Renan, 2022.

quarta-feira, 4 de maio de 2022

Real versus virtual

A vida real é muito mais do que um Big Brother ou qualquer outro reality show. Até porque, todo reality show não é real, tem muita coisa combinada nos bastidores.

A escola é muito mais do que um jogo de passar de fases: vai do 1º ao 9º ano. E cada fase dura realmente um ano!

O professor é muito mais do que um youtuber. O youtuber edita seus vídeos, corta os erros e repete quantas vezes forem necessárias até acertar. O professor não pode errar, porque ele está ao vivo. E quando erra, ele tem que se corrigir ao vivo mesmo!

Além disso, o professor tem um documento muito valioso chamado DIPLOMA. Esse papel é uma garantia de que esse profissional tem conhecimento sobre o que ensina.

Não há maior prazer para a mente do que ler, estudar e aprender coisas novas! A educação é o maior investimento que alguém pode fazer na vida e o conhecimento é a única coisa que ninguém pode roubar de você.

sexta-feira, 29 de abril de 2022

Frases de Carl Sagan

"Nós somos feitos de poeira das estrelas". 

"O Cosmos está dentro de nós. Somos feitos de material estelar. Nós somos uma maneira de o Cosmos conhecer a si mesmo".

"A Terra é um palco muito pequeno em uma vasta arena cósmica. Pense nos rios de sangue derramados por todos aqueles generais e imperadores para que, em glória e triunfo, pudessem se tornar os senhores momentâneos de uma fração deste ponto".

"Um livro é a prova de que a humanidade é capaz de fazer magia".

"O cérebro é como um músculo. Quando pensamos bem, nos sentimos bem".

"A ciência é muito mais que um corpo de conhecimentos. É uma maneira de pensar".

"Afirmações extraordinárias exigem evidências extraordinárias".

"Nossas preferências não determinam o que é verdade".

"A ausência de evidência não é evidência de ausência".

"Se não existe vida fora da Terra, então o universo é um grande desperdício de espaço".

"O que é mais assustador? A ideia de extraterrestres em mundos estranhos, ou a ideia de que, em todo este imenso universo, nós estamos sozinhos?".


Fontes:
SAGAN in Cosmos: uma viagem pessoal [documentário/série de TV]
SAGAN in Contato [romance e filme]
SAGAN in Pálido Ponto Azul [livro]
SAGAN in O mundo assombrado pelos demônios: a ciência vista como uma vela no escuro [livro]
Frases do bem [site]

Áreas de trabalho do graduado em Letras

 
O graduado em Letras pode exercer as seguintes funções:

·         Professor de Língua Portuguesa, Linguística e Literaturas;
·         Professor de Redação;
·         Professor de Oratória;
·         Palestrante;
·         Consultor;
·         Criador de conteúdo digital em plataformas;
·         Revisor de textos;
·         Redator;
·         Escritor de blog;
·         Tradutor;
·         Autor de material didático;
·         Dicionarista;
·         Curador de arte;
·         Escritor literário [Romancista, contista, cronista, dramaturgo, poeta];
·         Roteirista de cinema, rádio e televisão;
·         Funções administrativas na área da Educação;
·         Diretor de escola;
·         Coordenador de turno em escola;
·         Profissional de Letras em empresas de jornalismo, relações públicas e publicidade;
·         Empreendedor e elaborador de cursos, oficinas e treinamentos;
·         Linguísta;
·         Pesquisador acadêmico;
·         Filósofo da Linguagem;
·         Filólogo;

sábado, 23 de abril de 2022

Antigo Egito

De todas as civilizações antigas [fenícios, persas, gregos, romanos...] os egípcios são para mim os mais fascinantes. Obviamente a cultura greco-romana é de longe a mais influente em termos históricos. Todavia, as pirâmides do Egito são de longe os monumentos mais impressionantes e misteriosos que qualquer civilização já construiu. Além disso, os hieróglifos, desenhos, esculturas, templos, estátuas gigantes e a Grande Esfinge de Gizé são objetos lindíssimos e sem precedentes em todas as culturas ao redor do mundo.



 








A controvérsia da “raça egípcia”

Aplicar noções atuais de "raça" branca ou negra ao Antigo Egito é anacrônico. A história do Antigo Egito é milenar. Vários povos passaram e habitaram aquela região: fenícios [hoje sírio-libaneses], palestinos, hebreus, núbios, gregos, romanos, árabes etc.

Porém, em 2017, um estudo genético foi conduzido com amostras de 151 múmias do norte do Egito, que estavam enterradas no Cairo, que constituiu o primeiro dado confiável obtido dos antigos egípcios usando métodos de sequenciamento de DNA de alto rendimento. O estudo mostrou que os antigos egípcios têm grande afinidade com povos modernos do Oriente Médio. Ainda assim, essa amostra representa uma fatia pequena daquela população e a maioria dos acadêmicos rejeita a ideia de que o Antigo Egito era composto de um povo homogêneo. A cor da pele variava por região [Alto Egito, Baixo Egito e Núbia] e em eras diferentes cada um desses povos subiu ao poder.

Linguisticamente, o egípcio antigo é um idioma quase isolado, tendo algumas similaridades com línguas semíticas [Oriente Médio] e línguas berberes [norte da África ocidental].




 





Cronologia resumida

Faraó Quéops [2589 - 2566 a.C] – construção das pirâmides de Gizé

.

.

.

Rainha Nefertiti [1370 - 1330 a.C.]

Aquenáton [1352–1338 a.C.]

Tutancâmon [1341 - 1323 a.C.]

Ramsés II, apelidado Ozymandias [1279 - 1213 a.C.]

Dinastia núbia [povo negro, originário do atual Sudão]: 770 a 657 a.C.

Fundação de Alexandria: 331 a.C [por Alexandre, o Grande]: início da dinastia macedônica [período conhecido como Helenismo – disseminação da cultura grega]

Fim do reinado de Cleópatra: 31 a.C.  [última rainha macedônica, início da dominação romana]

Cristianização do mundo romano: a partir de 337 [destruição da biblioteca de Alexandria]

Expansão islâmica [árabes]: 632-661


Fonte: Widipédia [controvérsia racial, língua egípcia e cronologia]


Dica de leitura: A Pedra da Luz - Nefer, o Silencioso [clique no link para ler minha análise do livro]





quarta-feira, 13 de abril de 2022

Cosmos e Educação

Há um ano comprei um binóculo astronômico. De lá para cá vim descobrindo muitas coisas interessantes com observações do céu, leituras [de Carl Sagan, principalmente] e vídeos [a série Cosmos original e o canal Ciência Todo Dia, ambos no Youtube].

Quando estou no terraço observando as estrelas, os aglomerados, os planetas, a Nebulosa de Órion etc é impossível não me encantar. E quando penso no quanto isso está distante [anos-luz daqui] é impossível não me assustar [num bom sentido]. Aprender é prazeroso!

A consciência de nosso lugar no Cosmo não deveria ser algo restrito a um grupo de pessoas curiosas, amantes das ciências e de todas as formas de conhecimento humano. Isso deveria fazer parte da vida de todos os membros da espécie humana, porque lhes diz respeito profunda e intrinsecamente!

Mas infelizmente, há um número enorme de pessoas que ainda acredita em:
- Terra plana;
- A Terra no centro do universo com o sol e a lua girando em torno de nós;
- Teologias que pregam o dinheiro fácil [doe tudo, com fé, e serás rico!];
- Videntes;
- Astrologia [signos] e outras pseudociências.

E muitas pessoas ainda não aceitam fatos científicos mais do que comprovados, como a evolução das espécies [por mutação casual, seleção natural e seleção artificial feita pelo homem].

Mesmo em espaços voltados à educação e ao conhecimento - como escolas e universidades -  encontramos pessoas que não estão totalmente dedicadas ao método científico, e pior, conservam e nutrem paixões por crenças pseudocientíficas.

O conhecimento em relação ao Cosmo não pode ser ignorado por pessoas das ciências biológicas e humanas, da mesma forma que o conhecimento sobre a nossa língua materna não pode ser ignorado por pessoas das ciências biológicas e exatas.

Precisamos de profissionais cada vez mais multidisciplinares. Do contrário, continuaremos formando profissionais com diploma superior que mal sabem ler e escrever e que acreditam em terra plana, criacionismo etc.

Os estudos linguísticos e literários não podem se limitar apenas aos estudantes de Letras. Todo profissional, de qualquer área, deveria sair da faculdade escrevendo muito bem e conhecendo minimamente o legado histórico-literário que define a cultura de seu país.  Do mesmo modo, os estudantes de Letras deveriam se interessar também por áreas como a História, a Filosofia, a Psicologia, a Biologia, a Física, a Astronomia etc. De que adiantaria um profissional bem letrado que escreve textos gramaticamente corretos, mas difundindo conhecimentos ultrapassados ou pseudocientíficos? E os supostos "letrados" que têm posições políticas questionáveis, como usar a liberdade de expressão para exigir a volta do AI-5, que poria fim a todas liberdades individuais?

A atualização de conhecimentos e a multidisciplinaridade não são apenas bem-vindas, mas também indispensáveis à formação acadêmica.

A ignorância não é uma benção. Como o louco que ignora a sua loucura, o ignorante ignora a extensão de sua ignorância, preferindo permanecer em sua zona de conforto: "Para que aprender isso?" - dizem os ignorantes.

O prazer em aprender deveria ser o mote do estudante e do professor. E a divulgação dos fatos científicos, a bandeira da Educação.

Segue um vídeo que demonstra bem alguns pontos do meu argumento. A resenha que ela faz sobre esse livro de Carl Sagan já começa desmascarando um charlatão e segue com vários outros exemplos de charlatanismo, superstições, crendices e pseudociência. Vale a pena assistir!




O capítulo 7 desse livro descreve detalhadamente os horrores da Inquisição. E o capítulo 21 conta a história real de um escravo que se libertou graças à sua curiosidade, a alfabetização e o prazer pela leitura.

Recentemente terminei de ler esse livro e comecei "Pálido Ponto Azul".

Ficam as dicas de leitura e os canais "Ciência Todo Dia" e "Ler Antes de Morrer" [ambos no You Tube].

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2022

Cosmologia da língua portuguesa

 4,5 bilhões de anos atrás - O planeta Terra acaba de se formar.

A Terra esfria, surge água líquida e matéria orgânica se combina









300 mil anos atrás - Surge o homo sapiens.

Evolução até o homo sapiens.









5 mil anos atrás - O homem inventa a escrita.

A escrita dos sumérios (Mesopotâmia).










4 mil anos atrás - Invenção da literatura (histórias, epopeias e poesias escritas).

Trecho da Epopeia de Gilgamesh (Mesopotâmia).













2.800 anos atrás - As epopeias gregas estavam sendo escritas.

Início da Odisseia, em seu idioma original.









2 mil anos atrás - Apogeu da literatura latina em Roma.

Trecho da Eneida, epopeia de Virgílio













522 anos atrás - Pero Vaz de Caminha escreve uma carta dando notícia do descobrimento.

Trecho da  carta de 1500, sobre o Brasil.
















450 anos atrás - Publicação de Os Lusíadas de Camões em Lisboa (1572).

Trecho inicial da epopeia portuguesa.
















200 anos atrás - Independência do Brasil (7 de setembro de 1822).

Pintura de Pedro Américo (1888).










100 anos atrás - Semana de Arte Moderna (1922) em São Paulo.

Ilustres idealizadores do movimento modernista.








"Somos poeira das estrelas. 
 Somos o modo de o Cosmos se autoconhecer" 
(Carl Sagan)

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2022

Missão Voyager (curiosidades)

As missões Voyager 1 e Voyager 2, compostas de duas sondas espaciais lançadas em 1977, já passaram por Plutão há muitos anos e prosseguem no sistema solar exterior com destino ao meio interestelar.

O projeto chefiado por Carl Sagan carrega discos dourados contendo imagens de nosso planeta e gravações de sons da Terra e seus animais, músicas de diversos países e muitas saudações em idiomas arcaicos e modernos.

Tudo foi metodicamente planejado para que, caso haja vida inteligente na nossa galáxia, e caso ela encontre a sonda, possa ver as imagens da Terra e ouvir os sons, as músicas e as saudações, ainda que não entenda bem o conteúdo, mas possa formular uma opinião sobre nós. Nas palavras de Sagan: "No mínimo, eles entenderiam que somos uma civilização que sonha com o futuro".


Curiosidades

Dentre as músicas selecionadas, duas são do Peru. É o único representante sul-americano com músicas incluídas nos discos dourados. A maioria das músicas são folclóricas, mas há também Bach, Mozart, Louis Armstrong e Chuck Berry.

Dentre os 55 idiomas, o português está lá, como representante das línguas modernas. A saudação é "Paz e felicidade a todos", gravada por Janet Sternberg, norte-americana que viveu no Rio de Janeiro na sua infância. Ouvindo a mensagem, dá para notar um sotaque mais carregado para o português brasileiro, mas no final da palavra "todos" o s sai bem puxado, lembrando o português lusitano. Mas como ela viveu no Rio, o sotaque carioca é autoexplicativo.

O latim também foi incluído no disco, como representante das línguas arcaicas. A frase gravada é: 

"Salvete quicumque estis; bonam erga vos voluntatem habemus, et pacem per astra ferimus".

Agora um jogo: tente entender o máximo dessa frase latina, sem recorrer a tradutores. No final desta postagem está a tradução, após a imagem do disco dourado.


Fontes com links:

Nasa - Acompanhe em tempo real a missão.

Wikipedia - Veja a descrição dos conteúdos dos discos.

Revista Galileu - Conheça a mulher que levou a língua portuguesa ao espaço.

You Tube - Ouça as saudações e as músicas dos discos dourados.


Capa do disco dourado contendo instruções de uso.












Tradução da frase latina:

Saudações a quem quer que seja. Temos boas intenções para convosco e trazemos paz através das estrelas.

domingo, 30 de janeiro de 2022

Teletransporte: uma questão existencial







Em teoria física, o teletransporte só seria possível se numa cabine o indivíduo fosse totalmente destruído e na cabine de destino uma cópia exata fosse montada.

Supondo que essa cópia tivesse exatamente as mesmas memórias da versão original...

Suponha que você era o viajante nesse teletransporte.

Essa cópia que aparaceu na cabine de destino seria você? Ou você estaria morto?

domingo, 16 de janeiro de 2022

Carl Sagan [vida e obra]











Carl Sagan foi cientista e um dos maiores divulgadores do conhecimento e método científico. Com muito carisma, simpatia, bom humor, didática, contexto histórico e um toque elegante de poesia, ele explicava questões complexas da física, astronomia, biologia e química de forma que qualquer leigo entenda. 

Sagan foi também um ativista, muito preocupado com a degradação do meio ambiente, guerras e outros problemas que poderiam destruir a humanidade.


Indicações de algumas obras traduzidas para o português:

Cosmos - livro e série. A série de 13 episódios está hoje disponível no YouTube, sem anúncios, nas versões legendada e dublada. É um clássico! Foi exibida originalmente em 1980 com muito sucesso em dezenas de países. Os temas dos episódios incluem Astronomia, Astrofísica, Biologia, Genética e evolução, Química, História, Geografia, Linguística, Filosofia, Arte etc. A abrangência é enorme e a apresentação carismática de Sagan é um espetáculo! Ele promove o nosso encantamento com as Ciências e o universo a partir de seu próprio encantamento, seu saber e seu amor pelo conhecimento.

Contato - livro e filme. O filme, baseado nesse romance de ficção científica, foi dirigido por Robert Zemeckis [De volta para  futuro I, II, III; Forrest Gump] e tem como atriz protagonista Jodie Foster [Silêncio dos Inocentes]. Não quero dar spoiler, então vou dizer apenas que o filme é maravilhoso e a narrativa é perfeita! Mostra as possíveis consequências de uma descoberta científica sem precedentes, mas não impõe nada ao telespectador, privilegiando o ceticismo que Sagan tanto defendia. A palavra "contato" tem duplo significado nesse enredo. Tudo na narrativa é bem a cara de Carl, trazendo algumas citações dele próprio, nas vozes das personagens. Foi indicado ao Oscar na categoria de melhor som. Assistam!

O mundo assombrado por demônios - livro no qual ele desmistifica crendices e superstições e analisa a natureza humana de crer sem evidências e de negar fatos científicos. Livro fundamental para combater as pseudociências, repleto de argumentos e investigações inteligentes.

Pálido ponto azul - livro sobre os caminhos da humanidade. O título vem de uma foto tirada pela sonda Voyager 1, que a pedido de Sagan, virou sua câmera para o interior do sistema solar quando ela tinha passado por Plutão, e assim registrou a histórica foto do planeta Terra a 6,4 bilhões de quilômetros de distância, mostrando o nosso lar menor que um pixel, o que provocou muita reflexão sobre o nosso lugar no universo.













Sagan foi consultor da Nasa e, como escritor, ganhou o Prêmio Pulitzer, além de várias outras premiações. Era um homem preocupado com a espécie humana, o meio ambiente, a educação e o futuro. Um visionário! Um simpático professor que amava o seu trabalho, a pesquisa e a divulgação científica. Em um episódio da série Cosmos ele definiu o que são os livros. Uma bela e inspiradora definição, como tudo o que ele descreve! E quando ele descreve, amorosamente, uma árvore como seu ancestral, ele nos leva a uma profunda reflexão. Tudo isso amparado pelo método científico, mas apresentado com humor e um encantamento contagiante.

Se eu pudesse trazer coisas do passado para os nossos dias, uma delas seria Carl Sagan. E a outra Os Beatles.

sábado, 8 de janeiro de 2022

Profecia do Inferno [série]

 

Breve análise

A série da Netflix Profecia do Inferno traz uma crítica muito profunda e complexa a vários aspectos da religião e de seu uso pelo homem.

A trama nos mostra:

Uma seita = a Nova Verdade, que usa o medo do inferno como forma de controlar as pessoas e assim obter poder. Na segunda metade da série de 6 capítulos, essa seita se transforma na maior religião do mundo.

Uma bíblia = o site/aplicativo dessa seita, usado como manual de consulta sobre o que é pecado e qual é a "vontade de Deus" [segundo as palavras de alguns homens].

Um grupo extremista/terrorista = Arrowheads, com um influencer digital e seguidores infiltrados nos mais diversos ramos, tendo o objetivo de propagar a fé e eliminar do mundo os pecadores.

Cartaz da série sul-coreana












Outra reflexão que a série traz é o conflito entre a autonomia de tomar decisões (livre-arbítrio) e uma sociedade teocrática que vigia e tenta controlar cada indivíduo e suas ações. Nessa sociedade fictícia, várias pessoas deixam de "pecar" e de cometer crimes, por medo do inferno. Mas aquelas organizações religiosas mentem, cometem crimes e ações violentas para manter o poder e combater o pecado. A utopia de mundo sonhada pelo primeiro presidente da Nova Verdade se comprovou um fracasso total. 

E isso nos alerta para o fato de que, mesmo com boa intenção, a mentira não deve prevalecer sobre a verdade; da mesma forma que, mesmo havendo algumas escolhas ruins, uma ditadura não é melhor que a liberdade de viver e escolher por si só.

Em última análise, esta obra sul-coreana é uma crítica ao sistema político de sua vizinha, a Coreia do Norte, que em nome de um bem maior, restringe as liberdades individuais.


segunda-feira, 3 de janeiro de 2022

Não Olhe para Cima

Breve comentário sobre o filme

Não Olhe para Cima (2021) é uma sátira inteligente e hilária sobre os tempos em que vivemos; quando políticos, jornais, celebridades e qualquer um nas redes sociais têm o direito à própria opinião.

Mas e quando o assunto não é uma questão de opinião e sim de fato científico? Essas pessoas podem negar um fato científico com base em opiniões, ideologias políticas ou porque o fato pode deprimir os telespectadores?

No filme, dois cientistas descobrem um evento de proporções apocalípticas e tentam alertar o governo e a sociedade para o perigo. Desde então várias situações tragicômicas se desenvolvem na trama.

Apesar de ser um filme muito divertido, a análise que ele faz sobre a nossa sociedade é muito séria! 

Assistam enquanto está disponível e aproveitem a reflexão. 

Após o filme, se você souber que não seria uma daquelas pessoas que diziam "Não olhe para cima!", nem aquela pessoa que usa um broche com uma seta para cima e outra para baixo, porque acha descolado ficar em cima do muro, mas só poderia se incluir no grupo que dizia "Olhe para cima!", então quer dizer que você entendeu a mensagem.


foto: revista Rolling Stone - UOL









Elenco: Leonardo DiCaprio, Meryl Streep, Jennifer Lawrence, Kate Blanchett, Jonah Hill entre outros astros e estrelas das telas.


Foto do cometa Leonard, Lua etc

 Fotografias que tirei desde outubro a dezembro; utilizando telefone celular, binóculo e tripé:

Lua cheia, 21 de outubro.












Vídeo: A Lua entre nuvens (18 de novembro). Repare a velocidade com que ela sobe; isto é, a Terra gira na direção leste dando a impressão de que a Lua está subindo. Mesmo em poucos segundos, esse movimento é perceptível ao vivo e também neste vídeo. A Terra gira muito rapidamente!



Júpiter e suas 4 luas galileanas (25 de novembro)













Lua minguante, 30 de novembro.












O cometa Leonard, 26 de dezembro.












Lua minguante, 27 de dezembro.












Foram 3 meses de céu nublado, quase todas as noites. Então minhas observações astronômicas eram raras. Mas felizmente consegui ver o cometa nos dias 26 e 27. Parecia uma bolinha de gelo com uma fumaça ao redor. A localização dele foi confirmada pelo app Stellarium. Pude observar algumas estrelas ao redor do cometa, exatamente na mesma posição que o aplicativo mostrava. Eram estrelas de brilho bem fraco, invisíveis a olho nu. Mas elas não aparecem nessa foto, que foi a melhor que consegui tirar. Considerando a baixa resolução da câmera e o vento, até que é um registro interessante da passagem desse cometa.

Já na foto da Lua minguante (30 de novembro) o detalhe que a câmera não captou é que a metade escura da Lua também estava visível. Em tempo real eu observava a esfera completa, parte iluminada e parte escura. A Lua é sempre uma belíssima visão!