quarta-feira, 13 de abril de 2022

Cosmos e Educação

Há um ano comprei um binóculo astronômico. De lá para cá vim descobrindo muitas coisas interessantes com observações do céu, leituras [de Carl Sagan, principalmente] e vídeos [a série Cosmos original e o canal Ciência Todo Dia, ambos no Youtube].

Quando estou no terraço observando as estrelas, os aglomerados, os planetas, a Nebulosa de Órion etc é impossível não me encantar. E quando penso no quanto isso está distante [anos-luz daqui] é impossível não me assustar [num bom sentido]. Aprender é prazeroso!

A consciência de nosso lugar no Cosmo não deveria ser algo restrito a um grupo de pessoas curiosas, amantes das ciências e de todas as formas de conhecimento humano. Isso deveria fazer parte da vida de todos os membros da espécie humana, porque lhes diz respeito profunda e intrinsecamente!

Mas infelizmente, há um número enorme de pessoas que ainda acredita em:
- Terra plana;
- A Terra no centro do universo com o sol e a lua girando em torno de nós;
- Teologias que pregam o dinheiro fácil [doe tudo, com fé, e serás rico!];
- Videntes;
- Astrologia [signos] e outras pseudociências.

E muitas pessoas ainda não aceitam fatos científicos mais do que comprovados, como a evolução das espécies [por mutação casual, seleção natural e seleção artificial feita pelo homem].

Mesmo em espaços voltados à educação e ao conhecimento - como escolas e universidades -  encontramos pessoas que não estão totalmente dedicadas ao método científico, e pior, conservam e nutrem paixões por crenças pseudocientíficas.

O conhecimento em relação ao Cosmo não pode ser ignorado por pessoas das ciências biológicas e humanas, da mesma forma que o conhecimento sobre a nossa língua materna não pode ser ignorado por pessoas das ciências biológicas e exatas.

Precisamos de profissionais cada vez mais multidisciplinares. Do contrário, continuaremos formando profissionais com diploma superior que mal sabem ler e escrever e que acreditam em terra plana, criacionismo etc.

Os estudos linguísticos e literários não podem se limitar apenas aos estudantes de Letras. Todo profissional, de qualquer área, deveria sair da faculdade escrevendo muito bem e conhecendo minimamente o legado histórico-literário que define a cultura de seu país.  Do mesmo modo, os estudantes de Letras deveriam se interessar também por áreas como a História, a Filosofia, a Psicologia, a Biologia, a Física, a Astronomia etc. De que adiantaria um profissional bem letrado que escreve textos gramaticamente corretos, mas difundindo conhecimentos ultrapassados ou pseudocientíficos? E os supostos "letrados" que têm posições políticas questionáveis, como usar a liberdade de expressão para exigir a volta do AI-5, que poria fim a todas liberdades individuais?

A atualização de conhecimentos e a multidisciplinaridade não são apenas bem-vindas, mas também indispensáveis à formação acadêmica.

A ignorância não é uma benção. Como o louco que ignora a sua loucura, o ignorante ignora a extensão de sua ignorância, preferindo permanecer em sua zona de conforto: "Para que aprender isso?" - dizem os ignorantes.

O prazer em aprender deveria ser o mote do estudante e do professor. E a divulgação dos fatos científicos, a bandeira da Educação.

Segue um vídeo que demonstra bem alguns pontos do meu argumento. A resenha que ela faz sobre esse livro de Carl Sagan já começa desmascarando um charlatão e segue com vários outros exemplos de charlatanismo, superstições, crendices e pseudociência. Vale a pena assistir!




O capítulo 7 desse livro descreve detalhadamente os horrores da Inquisição. E o capítulo 21 conta a história real de um escravo que se libertou graças à sua curiosidade, a alfabetização e o prazer pela leitura.

Recentemente terminei de ler esse livro e comecei "Pálido Ponto Azul".

Ficam as dicas de leitura e os canais "Ciência Todo Dia" e "Ler Antes de Morrer" [ambos no You Tube].

2 comentários:

  1. Que ótimo que você mantém esse blog ativo 🥰
    Sou uma curiosa, gosto de aprender constantemente.
    Cheguei até aqui pesquisando sobre os livros mais antigos do mundo. Gostei demais do conteúdo do blog. Abraço !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Blog Interlúdico10 de junho de 2022 19:30

      Muito obrigado! Também sou um curioso e amo aprender! Siga o blog para mais textos e curiosidades. Abraço!

      Excluir