quarta-feira, 21 de setembro de 2022

quarta-feira, 14 de setembro de 2022

Soneto dos pensadores livres

 
A psicologia do egoísmo
É simples mania de narcisismo.
Egoísmo racional é ilusão
Que em nada tem a ver com a Razão.
 
A verdadeira sabedoria,
Contrária ao ego e à anarquia,
É construída coletivamente,
Libertando-nos individualmente.
 
O livre pensador só pode viver
Quando não carrega o duro pesar
De nos ombros o mundo sustentar.
 
E livre este mundo só pode ser
Se pensadores livres caminharem
Sem egoístas que os amarrem.


 
Renan, agosto de 2022.

sexta-feira, 10 de junho de 2022

CARPE DIEM

Aproveite o dia,
não deixe que ele termine sem ter crescido um pouco.
 
Não deixe de crer que as palavras e poesias podem mudar o mundo.

Valorize a beleza das coisas simples.
Se pode fazer poesia bela, colha do dia a sua inspiração.
 
Ainda que o vento sopre contra,
tudo sempre passa
e a experiência nos faz mais fortes.

Pense que em ti está o futuro
e encara a tarefa com orgulho!

Aprenda com os livros e com quem pode ensinar
as experiências daqueles que nos precederam.

Não permita que a vida se passe sem tê-la vivido.
 
 

Adaptado de Walter Whitman (1819 – 1892)

quarta-feira, 4 de maio de 2022

Real versus virtual

A vida real é muito mais do que um Big Brother ou qualquer outro reality show. Até porque, todo reality show não é real, tem muita coisa combinada nos bastidores.

A escola é muito mais do que um jogo de passar de fases: vai do 1º ao 9º ano. E cada fase dura realmente um ano!

O professor é muito mais do que um youtuber. O youtuber edita seus vídeos, corta os erros e repete quantas vezes forem necessárias até acertar. O professor não pode errar, porque ele está ao vivo. E quando erra, ele tem que se corrigir ao vivo mesmo!

Além disso, o professor tem um documento muito valioso chamado DIPLOMA. Esse papel é uma garantia de que esse profissional tem conhecimento sobre o que ensina.

Não há maior prazer para a mente do que ler, estudar e aprender coisas novas! A educação é o maior investimento que alguém pode fazer na vida e o conhecimento é a única coisa que ninguém pode roubar de você.

sexta-feira, 29 de abril de 2022

Frases de Carl Sagan

"Nós somos feitos de poeira das estrelas". 

"O Cosmos está dentro de nós. Somos feitos de material estelar. Nós somos uma maneira de o Cosmos conhecer a si mesmo".

"A Terra é um palco muito pequeno em uma vasta arena cósmica. Pense nos rios de sangue derramados por todos aqueles generais e imperadores para que, em glória e triunfo, pudessem se tornar os senhores momentâneos de uma fração deste ponto".

"Um livro é a prova de que a humanidade é capaz de fazer magia".

"O cérebro é como um músculo. Quando pensamos bem, nos sentimos bem".

"A ciência é muito mais que um corpo de conhecimentos. É uma maneira de pensar".

"Afirmações extraordinárias exigem evidências extraordinárias".

"Nossas preferências não determinam o que é verdade".

"A ausência de evidência não é evidência de ausência".

"Se não existe vida fora da Terra, então o universo é um grande desperdício de espaço".

"O que é mais assustador? A ideia de extraterrestres em mundos estranhos, ou a ideia de que, em todo este imenso universo, nós estamos sozinhos?".


Fontes:
SAGAN in Cosmos: uma viagem pessoal [documentário/série de TV]
SAGAN in Contato [romance e filme]
SAGAN in Pálido Ponto Azul [livro]
SAGAN in O mundo assombrado pelos demônios: a ciência vista como uma vela no escuro [livro]
Frases do bem [site]

Áreas de trabalho do graduado em Letras

 
O graduado em Letras pode exercer as seguintes funções:

·         Professor de Língua Portuguesa, Linguística e Literaturas;
·         Professor de Redação;
·         Professor de Oratória;
·         Palestrante;
·         Consultor;
·         Criador de conteúdo digital em plataformas;
·         Revisor de textos;
·         Redator;
·         Escritor de blog;
·         Tradutor;
·         Autor de material didático;
·         Dicionarista;
·         Curador de arte;
·         Escritor literário [Romancista, contista, cronista, dramaturgo, poeta];
·         Roteirista de cinema, rádio e televisão;
·         Funções administrativas na área da Educação;
·         Diretor de escola;
·         Coordenador de turno em escola;
·         Profissional de Letras em empresas de jornalismo, relações públicas e publicidade;
·         Empreendedor e elaborador de cursos, oficinas e treinamentos;
·         Linguísta;
·         Pesquisador acadêmico;
·         Filósofo da Linguagem;
·         Filólogo;

sábado, 23 de abril de 2022

Antigo Egito

De todas as civilizações antigas [fenícios, persas, gregos, romanos...] os egípcios são para mim os mais fascinantes. Obviamente a cultura greco-romana é de longe a mais influente em termos históricos. Todavia, as pirâmides do Egito são de longe os monumentos mais impressionantes e misteriosos que qualquer civilização já construiu. Além disso, os hieróglifos, desenhos, esculturas, templos, estátuas gigantes e a Grande Esfinge de Gizé são objetos lindíssimos e sem precedentes em todas as culturas ao redor do mundo.



 








A controvérsia da “raça egípcia”

Aplicar noções atuais de "raça" branca ou negra ao Antigo Egito é anacrônico. A história do Antigo Egito é milenar. Vários povos passaram e habitaram aquela região: fenícios [hoje sírio-libaneses], palestinos, hebreus, núbios, gregos, romanos, árabes etc.

Porém, em 2017, um estudo genético foi conduzido com amostras de 151 múmias do norte do Egito, que estavam enterradas no Cairo, que constituiu o primeiro dado confiável obtido dos antigos egípcios usando métodos de sequenciamento de DNA de alto rendimento. O estudo mostrou que os antigos egípcios têm grande afinidade com povos modernos do Oriente Médio. Ainda assim, essa amostra representa uma fatia pequena daquela população e a maioria dos acadêmicos rejeita a ideia de que o Antigo Egito era composto de um povo homogêneo. A cor da pele variava por região [Alto Egito, Baixo Egito e Núbia] e em eras diferentes cada um desses povos subiu ao poder.

Linguisticamente, o egípcio antigo é um idioma quase isolado, tendo algumas similaridades com línguas semíticas [Oriente Médio] e línguas berberes [norte da África ocidental].




 





Cronologia resumida

Faraó Quéops [2589 - 2566 a.C] – construção das pirâmides de Gizé

.

.

.

Rainha Nefertiti [1370 - 1330 a.C.]

Aquenáton [1352–1338 a.C.]

Tutancâmon [1341 - 1323 a.C.]

Ramsés II, apelidado Ozymandias [1279 - 1213 a.C.]

Dinastia núbia [povo negro, originário do atual Sudão]: 770 a 657 a.C.

Fundação de Alexandria: 331 a.C [por Alexandre, o Grande]: início da dinastia macedônica [período conhecido como Helenismo – disseminação da cultura grega]

Fim do reinado de Cleópatra: 31 a.C.  [última rainha macedônica, início da dominação romana]

Cristianização do mundo romano: a partir de 337 [destruição da biblioteca de Alexandria]

Expansão islâmica [árabes]: 632-661


Fonte: Widipédia [controvérsia racial, língua egípcia e cronologia]


Dica de leitura: A Pedra da Luz - Nefer, o Silencioso [clique no link para ler minha análise do livro]